Liberdade de expressão

Sou favorável à liberdade de expressão. Veja bem: liberdade. E não “certo grau de liberdade”. Acho conflitante o termo de abertura da lei de imprensa em vigor que pretende “Regular a liberdade de manifestação do pensamento e da informação”.
Liberdade regulada não é liberdade.
Durante a crise das charges do jornal dinamarquês Jyllands-Posten no início do ano (aquelas charges cujo tema não pode ser mencionado), fiquei chocado com as manifestações contrárias à sua publicação. Mesmo em países ocidentais. Principalmente em Curitiba.
Defendo a liberdade de manifestação. Sem medo. Sem represálias. Sem incêndios. Sem mortes.
Com relação ao tema, é famoso este texto:
Primeiro vieram prender os comunistas. Não levantei minha voz porque não era comunista. Depois vieram prender os sindicalistas e os socialistas. Não levantei minha voz porque não era nem uma coisa nem outra. Depois vieram prender os judeus. Não levantei minha voz porque não era judeu. Depois vieram prender-me. E já não restava ninguém para levantar a voz por mim.

This entry was posted in jornalismo. Bookmark the permalink.

One Response to Liberdade de expressão

  1. Waltin says:

    e é exatamente isso que sempre acontece… correto?

Leave a Reply to Waltin Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *