Criança sabe.

Cinco anos. Pais católicos.
Todo mês chega A Santinha.
– Converse com Ela. Peça proteção.
Ela pede. Fica lá. Tempão:
– Mãnhê, dá o telefone prela me dá resposta depois?

This entry was posted in conto. Bookmark the permalink.

One Response to Criança sabe.

  1. Leila Eme says:

    Ganhei meu sábado, reencontrando o Mds e lendo o Parágrafo e o Pensagens.
    Houve um tempo em que eu escrevia como respirava. Uma rival queimou tudo. Não matou minha alma, mas chamuscou-a para sempre. Nem ela sabia, mas foi a forma que encontrou de não morrer em mim. Repartiu-me. Entre a que escrevia como respirava, e a que respira como se escrevesse.
    Preciso das palavras e das entrelinhas que tb encontrei por aqui, e confesso, tasquei este site na minha área de trabalho. Como água benta.
    Obrigada! Agora eu leio como quem respira, fugindo da estatística de J.L.Borges.
    Um abraçuuu e toda a inspiração do mundo em sua vida.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *