Verdades

Mais Sara Fazib
Se me tirassem a máscara
os olhos, a pele, os cabelos
amariam o meu avesso?
Num mundo de cegos
há menos questões e enganos.
sara fazib

This entry was posted in poesia. Bookmark the permalink.

One Response to Verdades

  1. Sandra Z says:

    nada entendo de signos:
    se digo flor é flor, se digo água é agua.( mas pode ser disfarce de um segredo.)
    Se nào podem sentir, não torçam
    a árvore-de-coral do meu silêncio:
    deixem que eu represente meu papel.
    Não me queiram prender como a um inseto
    ao alfinete da interpretação
    se não podem me amr , me esqueçam.
    Sou uma mulher sozinha num palco,
    e já me pesa demais todo esse ofício.
    Basta que a torturada vida das palavras
    deite seu fogo ou mel na folha quieta,
    num texto qualquer com meu nome embaixo.
    Lya Luft ( adoro ela)
    ” “Mulher no Palco

Comments are closed.